1/9
BIBLIOTECA EUCLIDES DA CUNHA

SÃO CARLOS - SP

Projeto: 2004

Construção: 2006

O projeto envolve a restauração e adaptação de um antigo reservatório de água no bairro Vila Prado, em São Carlos/SP. O programa previa a adaptação do espaço para a instalação da Biblioteca Euclides da Cunha no bairro. Com um acervo de mais de 8,5 mil livros, a biblioteca tem áreas de leitura individual e estudo em grupo, leitura livre de revistas e jornais diários, sala de projeção e biblioteca infantil. A construção existente com mais de 60 anos tinha um grande valor cultural para o bairro. O edifício ocupa uma esquina, onde os 2 pisos tinham a forma circular. Na parte inferior - piso abaixo do nível externo - era o depósito de água, que já havia sido alterada com a colocação de caixilhos no perímetro circular e a construção de uma escada de acesso para o piso. Na parte superior ficavam as máquinas e para sustentar a laje deste pavimento, 6 pilares recebiam vigas formando um quadrado. Externamente a esse quadrado e lateralmente, a laje era tipo cogumelo apoiada em 4 pilares. Havia 1 pilar com capitel no centro do quadrado. Na cobertura uma estrutura de tesouras madeira para apoio da cobertura com telhas de metálica com proteção térmica. Procurou-se preservar as características construtivas existentes e ao mesmo tempo valorizar alguns detalhes construtivos bastantes interessantes. O projeto previu um corte no centro na laje de forma quadrada contrapondo com o perímetro circular da laje, transformando o piso superior num mezanino. Dos pilares cogumelos existentes eliminou-se o pilar central e preservaram-se os laterais para apoio do mezanino. Com esse vazio central criou-se uma ligação visual entre o piso inferior e o mezanino. Na cobertura superior havia uma estrutura de tesouras radiais de madeira (peroba rosa) pintada de branco. A idéia era manter essa estrutura retirando a pintura. No centro dessa estrutura foi criado um lanternim de forma a permitir a entrada de luz e saída do ar quente. O corte na laje permite que do piso térreo se tenha a visão da estrutura da cobertura. O acesso principal foi colocado com a criação de uma escada e uma rampa para a parte inferior. No local da escada existente foram proposta salas de apoio tanto para o piso inferior como para o mezanino. Para a circulação vertical interna para o mezanino foi criada externamente uma escada que se desenvolve contornando a caixa do elevador. O fechamento do volume toda envidraçado de modo a não interferir na visão externa do edifício. A telha existente de fibrocimento foi trocada para uma metálica com proteção térmica e acústica e para captação da água pluvial uma calha lateral em toda a volta do edifício.

R. D. Pedro II, 842, sala 2 e 4 - São Carlos-SP   |  TEL: (16) 3413 1171  |  arqjmn@uol.com.br

© 2019  JMN Arquitetura

DESIGN BY LAMARQUES ADAM DE M. RODRIGUES